quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Ele dança e tudo!

video

Ano novo, vida nova...

Hoje faço 38 anos, mais um ano vai começar...
Como por agora não vejo mais nada para mudar na minha vida, decidi mudar a imagem do meu blog.
E pronto cá estou eu de cara lavada, pronta para mais um ano.
Adoro o meu aniversário, ao contrário das pessoas que todos os anos ficam deprimidas por fazerem mais um ano, estarem a envelhecer e blá blá, eu todos os anos me sinto muito contente neste dia.
É bom comemorar mais um ano de vida, eu pelo menos gosto, eu gosto de viver como não ficar feliz por continuar aqui a poder gozar os prazeres da vida?!
Parabéns a mim, obrigada...

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Em casa

Exactamente um mês depois cá estou eu em casa com o Jaime. Novamente a tosse e a febre. Desta vez a febre está teimosa, não quer descer nem por nada, talvez porque não está a tomar antibiótico, espero que não venha a ser preciso, vou acreditar que o rapaz consegue criar as defesas necessárias. Entretanto já tem mais um dente, vão 5!!!

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Últimas!

Finalmente o Jaime já tem mais dois dentinhos a sair, em cima dos lados, vai ficar com um ar um pouco maqueavélico se os do meio não aparecerem entretanto. Mas o que decidiu aparecer também foi uma pneumonia e uma otite, por isso estou em casa de quarentena.
E , não fosse o meu baixote estar tão arfante, digo sinceramente que eu estaria muito bem, estou a gostar de estar em casa.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Depois do banho.

terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Gatinho...

Ora cá está o meu novo gatinho!!
Agora é que é olho vivo e pé ligeiro...

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Natal

Este Blog começa a ser um desabafo de saudosismo... Estava a ouvir as minhas colegas todas animadas com uma encomenda e lembrei-me de quando recebi pelo correio uma encomenda com prenda da minha avó. É tão bom. Que saudades que eu tenho desse tempo. Hoje estou assim, com saudades da infância! Quanto mais me apercebo da loucura que domina a minha mãe e a minha irmã, mais saudades tenho desse tempo em que ainda era tudo normal. Como é possível que isto tenha acontecido. Porquê? Como é ténue a barreira entre a normalidade e a loucura...